A precisão e a originalidade da técnica









Elementos Fundamentais
 
Na geometria, os elementos fundamentais usados no desenho técnico são: ponto, linha, plano e sólido. Observe:

Figuras geométricas
Figura geométricas

Sólidos Geométricos
Sólidos geométricos

Sólidos Platônicos
Sólidos Platônicos

Cúpulas Geodésicas
Cúpula Geodésica

Desenho Técnico

iconeCotas - responsáveis por representar as dimensões reais de um objeto. Pode indicar:
  • Raios;
  • Códigos;
  • Detalhes;
  • Medidas;
  • Ângulos etc.
 
iconeTipos de linhas - Para cada tipo de linha, haverá uma função diferente. Observe o quadro:
 
Formato
  Linhas   Função
 modelo-linha4Tracejada larga
 lados invisíveis.
 modelo-linha8Traço e ponto larga planos de corte (extremidade e mudanças de plano).
 modelo-linha5 Traço e ponto estreita eixos, planos de corte.
 modelo-linha7 Traço e dois pontos estreita peças adjacentes.
 modelo-linha1 Contínua estreitahachuras, cotas.
 modelo-linha9 Contínua a mão livre estreitalinha de ruptura.
 modelo-linha11 Contínua largaarestas e contornos visíveis de caracteres, peças. Indicação de corte ou vista.
 modelo-linha10 Contínua estreita ziguezague
utilizada por máquinas para confecção dos desenhos.
 
Obs.: Existem, ainda, outros modelos de linha. Linhas diferentes sempre devem ser explicadas no desenho.
 
 
iconeEscalas – relação entre a dimensão real do objeto e a dimensão do desenho.

 
iconeVistas ortográficas - são diferentes representações de um objeto, feitas por meio de planos de projeção, resultados de projeções cilíndricas ortogonais. Existem três tipos:
  • Vistas principais, divididas em frontal, posterior, lateral direita, lateral esquerda, superior e inferior, representando um objeto ortogonalmente nas seis faces do cubo. 
  • Vistas auxiliares, divididas em primárias e secundárias, representando mudança de planos dentro de um objeto dependendo de sua posição.
  • Vistas seccionais, divididos em corte e seção representando um objeto cortado em um plano.
 
iconeDesenho mecânico - na maioria dos grandes cursos de desenho técnico, é feita uma introdução ao desenho mecânico e, assim, são utilizados termos para adequar o projetista à linguagem do desenho.
 
 
iconeTopografia e cartografia - No caso da topografia, no desenho técnico são feitos representações de áreas como construções, rios, vegetação, limites entre terrenos, detalhadamente, etc. Já na cartografia, os desenhos são representados por mapas que usam em sua criação escalas, projeções e outros elementos que compõem um curso técnico, em uma das especializações do desenho técnico.
 
 
iconeCurvas de níveis - podem ser representadas por um desenho de um terreno com várias alturas. Nele, o objeto é feito em planos horizontais e cortado, de forma que é possível ver a altura do objeto. Utilizam linhas, planos e outros elementos para mostrar que em qualquer ponto de uma linha haverá uma mesma altura em relação ao nível específico. 
 
 
iconePlantas - outro tipo de desenho técnico são as plantas, responsável por representar um projeto visto de cima. Frequentemente utilizado na arquitetura.
 
Planta de uma casa

iconeFundações - é a base de uma casa, o alicerce. Geralmente, é representado por uma obra feita embaixo de uma casa para suportar o peso. Há diferentes tipos e, dependendo do terreno e do desenho técnico, é responsável por fazer o projeto que dará início à construção da casa.
 
 
iconeInstalações elétricas, hidráulicas, sanitárias - é comum vermos os desenhos de várias instalações dentro das nossas casas, quer seja da fiação, dos canos que fazem o saneamento básico de um local, instalações especiais, como ar condicionado, segurança, etc. O responsável por planejar será um profissional com curso de Desenho Técnico.
 
 
iconeCortes e hachuras - As hachuras são pequenos cortes de peça que representam um objeto, já os cortes, são rachaduras ou quebras em peças que permitem mostrar os detalhes internos.
 
 
iconeElevações - Pode ser a fachada de uma construção ou qualquer objeto projetado num plano vertical paralelo ao eixo do objeto.

iconePerspectivas - são objetos desenhados  e vistos de diferentes formas. No desenho técnico, é classificada em duas formas:
 
  • Cônica ou realística - capaz de representar o objeto da maneira mais real possível;
  • Cilíndrica ou paralela, subdividida em:
Isométrica
Três faces com a mesma inclinação em relação ao quadro.
 Dimétrica Em relação ao quadro, uma das faces possui uma inclinação diferente das outras.
 Cavaleira Uma face paralela ao quadro.
 Trimétrica Com três faces diferentemente inclinadas em relação ao quadro.
 
iconeDesenho à mão livre - é um tipo de desenho feito pelo próprio projetista que serve como esboço para o projeto final.

iconeProjeções ortogonais - é a representação de um objeto em uma figura plana.
 
Softwares utilizados

AutoCADCom as novas tecnologias, desde a régua T e do esquadro, foram criadas algumas máquinas de desenhar, softwares de desenhos 2D e, recentemente, sistemas de modelação geométrica 3D. Assim, existem desafios entre conciliar a capacidade de expressão e representação gráfica, como a visão espacial, a habilidade da criatividade, etc., e a busca de conhecimentos tecnológicos dessa área, assim como a normalização dos mesmos.

Protótipos virtuais, programas de modelagem (como o QCAD,  ArchCAD, recentemente o SketchUp, do Google etc.), modelos geométricos de computador são aperfeiçoados cada vez mais, a fim de proporcionar ao fabricante ou usuário melhor visualização do projeto escolhido.

O uso de ferramentas de desenho auxiliado por computador ou CAD (Computed Aided Design), automatizou o desenho técnico em muitas empresas. Dentre os mais conhecidos no ramo,  temos o AutoCAD, criado pela Autodesk, um dos mais usados no mundo.

A escrita técnica

As letras e os algarismos também seguem uma norma. Antes, eram escritas com o auxílio de "aranhas" e normógrafos. Com a modernização, passaram a ser redigidas por meio de um editor de texto - um exemplo de fonte adotada pelo AutoCAD é a Isocp ou Simplex.

Cores

Utiliza geralmente a cor preta, mas, com os avanços tecnológicos, outras cores puderam ser acrescentadas sem exagero. O nome das cores sempre deve vir na legenda.

Legenda

Além de informar detalhes dos desenhos técnicos (cor, número, origem, título etc.), mostra também o nome dos projetistas, da empresa, a data, a logomarca, etc.
Ela estará situada no canto inferior direito da folha e deverá conter todas as informações.